domingo, 9 de janeiro de 2011

Papo de passarinho


O poeta e amigo, Jorge Elias Neto, lá das bandas do Espírito Santo, escreve sobre Silêncios, meu livro de estreia no habitat da poesia japonesa. Para ele a obra possui “uma escrita simples que trás o belo, e nos dá o que nos preenche a alma – a emoção”.
De minha parte, só tenho a agradecer.

Um comentário:

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Gustavo, estive em Itabuna por alguns dias. Na casa da poeta-amiga Genny Xavier dei uma folheada no seu livro. Visualmente está de muito bom gosto. Mesmo não apreciando haikais (só os de Bashô e os de Leminski), considero os poemas que li bem articulados e delicados. Parabéns!

Antonio Nahud Júnior

www.ofalcaomaltes.blogspot.com