quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Virtualismo, o que é isso mesmo?


Hoje, a palavra da moda é virtualidade. Não há dúvidas. Embora eu quisesse falar sobre poesia e coisas do gênero, alguns amigos (jornalistas, historiadores e outros canalhas), na mesa do bar, tentavam me convencer a deixar o orkut e ingressar no facebook. 
Perda de tempo total, pois quem está em vias de mandar um às favas não irá aderir ao outro.
Fingindo prestar atenção ao que me diziam, lembrei de um texto do Baudelaire, onde está grafado que jamais devemos apresentar ao cão “os perfumes delicados que o exasperam, mas sim o lixo cuidadosamente escolhido.

Um comentário:

dizcorra disse...

Aí depende muito do conceito de "lixo".

A internet tem vários tipos para oferecer.

Tem que ver qual deles é o que te interessa a ser "garimpado"...

A virtualidade, pra mim, é uma liberdade que mais do que qualquer outra, aprisiona. Um vício.

Mas não totalmente em vão isso tudo...pelo menos...

Abraços!