terça-feira, 3 de agosto de 2010

Flip em toda parte

O assunto que agora está na boca do povo é a literatura. Nas páginas dos jornais e revistas. A 8ª Festa Literária Internacional de Paraty começa na quarta-feira (4) e foi destaque em todos os cadernos culturais do fim de semana. O Prosa & Verso, do Globo, por exemplo, dedicou todo o caderno à festa e incluiu resenhas dos livros que serão lançados lá. A matéria principal, no entanto, falava sobre a repetição dos autores brasileiros, também tema de matéria da Folha de S. Paulo. A falta de ficcionistas na programação também foi sentida. A revista Época questionou a capacidade de Paraty receber o número sempre crescente de turistas, mas comentou sobre o bem que o evento faz para a cidade. Já o Estadão foi ouvir Liz Calder, a mãe da Flip, ou a dama das letras como colocaram, que se lembrou de fatos curiosos, como o sorriso do sisudo Coetzee ao comprar um pé de moleque na rua.

Fonte:
PublishNews - 02/08/2010

3 comentários:

Hilton Valeriano disse...

E os poetas amigo? Quantos participam?

Gustavo Felicíssimo disse...

Na programação oficial, com certeza, muito poucos. Mas no circuito off, um bocado.

Hilton Valeriano disse...

É necessário uma festa literária para divulgar a poesia...Seria maravilhoso. Um abraço!